>

GUIAS PARA DOWNLOAD

NOSSO HOTEL EM BUENOS AIRES

Arquivo

Câmbio Oficial

+27
+33°
+15°
Buenos Aires
Quinta-Feira, 24
Sexta-Feira   +24° +16°
Sábado   +27° +20°
Domingo   +31° +24°
Segunda-Feira   +32° +22°
Terça-Feira   +30° +23°
Quarta-Feira   +31° +22°

Aeroporto de Ezeiza ou Aeroparque?

A idéia desse post é fazer um dossiê definitivo sobre os dois aeroportos de Buenos Aires: o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, mais conhecido como Ezeiza (sigla na sua passagem: EZE) e o Aeroporto Jorge Newberry, mais conhecido como Aeroparque (sigla na sua passagem: AEP).

Desde que o Aeroparque começou a receber mais e mais vôos internacionais – provenientes principalmente do Brasil, Uruguai e Chile – tenho recebido muitos comentários de quem ainda não decidiu em qual dos dois aeroportos é melhor chegar, qual dois dois oferece mais – e melhores – serviços, ou simplesmente, como vocês gostam de perguntar, “qual vale mais a pena”.

Antes que nada, tem que ver o valor da passagem né? As companhias Gol, Tam, Lan, Aerolíneas Argentinas e Pluna oferecem opção de chegada nos dois aeroportos. Às vezes a passagem sai pelo mesmo valor, em outras a diferença é significativa. Se no seu caso, a diferença não existe, é mínima ou não importa, seguem as características principais dos dois aeroportos – na minha visão! – pra te ajudar a decidir.

EZEIZA – EZE

Foto: aa2000.com

Distância e trânsito – É o principal aeroporto do país. Fica já fora de Buenos Aires, na localidade de Ezeiza (daí vem o apelido). Do aeroporto até o centro da cidade são 22km. Geralmente, dá uns 45 minutos de carro do aeroporto até o seu hotel. Aqui no Querido, a gente aconselha calcular 1 hora de viagem, em caso de algum imprevisto. Vale lembrar que entre 8 e 10h da manhã, tem bastante trânsito sentido cidade e, à tarde, entre 16h e 20h, muito trânsito no sentido aeroporto.

Filas – Como o Ezeiza recebe muitos vôos internacionais ao mesmo tempo, se prepare para filas longas tanto na imigração como nos raios X da Polícia Federal. Na sua chegada, pela minha experiência, considere que vai levar no mínimo 2 horas da hora da aterrissagem até chegar no seu hotel/apartamento em Buenos Aires, contando o tempo gasto no aeroporto e a corrida de taxi.

Free Shop – O Ezeiza é um aeroporto com muito mais estrutura e com um diferencial amado por muita gente: um Free Shop beeeeem grandão. Funciona todos o dias do ano, 24 horas. Aceita reais! P.S.: Só tem Mac aqui e apenas no Free de saída.

Câmbio – Oferece melhores opções para câmbio de moedas. Mas atenção! Logo antes do portão de desembarque você vai ver algumas casas de câmbio. Não troque nada aí!!! A cotação é muito inferior à que você vai encontrar nos bancos que ficam logo depois do portão. Indico trocar somente no Banco La Nación ou no Banco Piano (ver na hora qual tem a melhor taxa). Ambos trocam tanto dólares como reais.

Banco La Nación – a agência do EZE abre todos os dias do ano, 24h

Banco Piano – a agência do EZE abre todos os dias do ano, de 06 às 22h

Leia mais sobre onde fazer câmbio em Buenos Aires clicando aqui.

Tax Free – O stand do Tax Free fica no segundo piso ao lado do portão de embarque. Aberto de 05 às 23h, todos os dias.

Leia mais sobre o Tax Free nesse outro post.

Taxi – Antes, consulte o seu hotel. O transfer pode sair mais barato do que o que você pensa. Aqui no Querido, por exemplo, o valor que cobramos pelo translado é menor do que o de muitas companhias de taxi do aeroporto. Se for pegar taxi no Ezeiza, vá de Taxi Ezeiza. Sao meio antipáticos, mas são organizados e cobram um preço justo. Você paga lá na hora, antecipado e não tem jeito de te enrolarem. Confira as tarifas no site deles.

Praça de Alimentação – É fraca. Tem um Mc Donalds e uns dois cafés, nada mais. É difícil comprar uma água por lá, pois só os cafés tem “licença” para vender.

Vantagens do Ezeiza – Mais opções de câmbio. Ideal para quem chega numa sexta de tarde e não vai pegar banco aberto durante toooodo o fim de semana e o free shop grandão, pra quem é de free shop.

AEROPARQUE – AEP

foto: skyscrapercity.com

Distância e trânsito – Fica dentro da cidade, o que já é uma vantagem. Você aterrisa em pleno Palermo e se der sorte vai ver de cima (pertinho!) o estádio do River, os Parques, o Planetário. Se você for se hospedar por Belgrano, Villa Crespo, Palermo ou Recoleta, saiba que a corrida vai durar uns 20 minutos, somente. Em dias de muita chuva (ou no dia seguinte) sempre complica o trânsito, pois vez por outra cai uma árvore que interdita a pista.

Filas – Geralmente é mais rápido e simples que no Ezeiza.

Free Shop – Menorzinho. Mas tem tudo, só que em menos quantidade e variedade, sabe? Mas não tem Mac. Funciona todos o dias do ano, 24 horas.

Câmbio – O horror! O horror! Não vale a pena fazer câmbio no aeroparque. Nada de bancos, só casas de câmbio daquelas bem gananciosas. Troque apenas o mínimo, pra pagar o taxi, e deixe pra fazer seu câmbio em algum banco de rua depois (abrem de segunda a sexta, de 10 às 15h). Leia mais sobre câmbio em bancos aqui.

Tax Free – Abre um poquito mais tarde, fecha mais cedo. Aberto de 05h30 às 22h, todos os dias. Veja o site e Leia mais sobre o Tax Free nesse outro post.

Taxi – Eu geralmente pego na porta do aeroporto, taxi de rua mesmo. Converse antes com o motorista sobre o valor. Para você ter uma idéia, uma corrida do Aeroparque até Palermo Soho deve estar entre 50 e 60 pesos (janeiro/2012), cerca de um terço do valor do taxi de Ezeiza até Palermo.

Praça de Alimentação – também é beeeem fraca, porém mais honesta.

Vantagens do AEP – Proximidade, praticidade e taxi mais barato.

É isso. :) Acho que ficou completinho. Mas, por favor, contribuam com dicas e informações, assim o post fica mais rico.

Ah e eu, o que prefiro? Sou do team AEP! Em 20 minutinhos tou lá. E o Free é menorzinho mas é digno, viu?

Em tempo: O site Aeropuertos Argentinos, com info de horários de chegada e partida dos vôos em tempo real — www.aa2000.com.arA idéia desse post é fazer um dossiê definitivo sobre os dois aeroportos de Buenos Aires: o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, mais conhecido como Ezeiza (sigla na sua passagem: EZE) e o Aeroporto Jorge Newberry, mais conhecido como Aeroparque (sigla na sua passagem: AEP).

Desde que o Aeroparque começou a receber mais e mais vôos internacionais – provenientes principalmente do Brasil, Uruguai e Chile – tenho recebido muitos comentários de quem ainda não decidiu em qual dos dois aeroportos é melhor chegar, qual dois dois oferece mais – e melhores – serviços, ou simplesmente, como vocês gostam de perguntar, “qual vale mais a pena”.

Antes que nada, tem que ver o valor da passagem né? As companhias Gol, Tam, Lan, Aerolíneas Argentinas e Pluna oferecem opção de chegada nos dois aeroportos. Às vezes a passagem sai pelo mesmo valor, em outras a diferença é significativa. Se no seu caso, a diferença não existe, é mínima ou não importa, seguem as características principais dos dois aeroportos – na minha visão! – pra te ajudar a decidir.

EZEIZA – EZE

Foto: aa2000.com

Distância e trânsito – É o principal aeroporto do país. Fica já fora de Buenos Aires, na localidade de Ezeiza (daí vem o apelido). Do aeroporto até o centro da cidade são 22km. Geralmente, dá uns 45 minutos de carro do aeroporto até o seu hotel. Aqui no Querido, a gente aconselha calcular 1 hora de viagem, em caso de algum imprevisto. Vale lembrar que entre 8 e 10h da manhã, tem bastante trânsito sentido cidade e, à tarde, entre 16h e 20h, muito trânsito no sentido aeroporto.

Filas – Como o Ezeiza recebe muitos vôos internacionais ao mesmo tempo, se prepare para filas longas tanto na imigração como nos raios X da Polícia Federal. Na sua chegada, pela minha experiência, considere que vai levar no mínimo 2 horas da hora da aterrissagem até chegar no seu hotel/apartamento em Buenos Aires, contando o tempo gasto no aeroporto e a corrida de taxi.

Free Shop – O Ezeiza é um aeroporto com muito mais estrutura e com um diferencial amado por muita gente: um Free Shop beeeeem grandão. Funciona todos o dias do ano, 24 horas. Aceita reais! P.S.: Só tem Mac aqui e apenas no Free de saída.

Câmbio – Oferece melhores opções para câmbio de moedas. Mas atenção! Logo antes do portão de desembarque você vai ver algumas casas de câmbio. Não troque nada aí!!! A cotação é muito inferior à que você vai encontrar nos bancos que ficam logo depois do portão. Indico trocar somente no Banco La Nación ou no Banco Piano (ver na hora qual tem a melhor taxa). Ambos trocam tanto dólares como reais.

Banco La Nación – a agência do EZE abre todos os dias do ano, 24h

Banco Piano – a agência do EZE abre todos os dias do ano, de 06 às 22h

Leia mais sobre onde fazer câmbio em Buenos Aires clicando aqui.

Tax Free – O stand do Tax Free fica no segundo piso ao lado do portão de embarque. Aberto de 05 às 23h, todos os dias.

Leia mais sobre o Tax Free nesse outro post.

Taxi – Antes, consulte o seu hotel. O transfer pode sair mais barato do que o que você pensa. Aqui no Querido, por exemplo, o valor que cobramos pelo translado é menor do que o de muitas companhias de taxi do aeroporto. Se for pegar taxi no Ezeiza, vá de Taxi Ezeiza. Sao meio antipáticos, mas são organizados e cobram um preço justo. Você paga lá na hora, antecipado e não tem jeito de te enrolarem. Confira as tarifas no site deles.

Praça de Alimentação – É fraca. Tem um Mc Donalds e uns dois cafés, nada mais. É difícil comprar uma água por lá, pois só os cafés tem “licença” para vender.

Vantagens do Ezeiza – Mais opções de câmbio. Ideal para quem chega numa sexta de tarde e não vai pegar banco aberto durante toooodo o fim de semana e o free shop grandão, pra quem é de free shop.

AEROPARQUE – AEP

foto: skyscrapercity.com

Distância e trânsito – Fica dentro da cidade, o que já é uma vantagem. Você aterrisa em pleno Palermo e se der sorte vai ver de cima (pertinho!) o estádio do River, os Parques, o Planetário. Se você for se hospedar por Belgrano, Villa Crespo, Palermo ou Recoleta, saiba que a corrida vai durar uns 20 minutos, somente. Em dias de muita chuva (ou no dia seguinte) sempre complica o trânsito, pois vez por outra cai uma árvore que interdita a pista.

Filas – Geralmente é mais rápido e simples que no Ezeiza.

Free Shop – Menorzinho. Mas tem tudo, só que em menos quantidade e variedade, sabe? Mas não tem Mac. Funciona todos o dias do ano, 24 horas.

Câmbio – O horror! O horror! Não vale a pena fazer câmbio no aeroparque. Nada de bancos, só casas de câmbio daquelas bem gananciosas. Troque apenas o mínimo, pra pagar o taxi, e deixe pra fazer seu câmbio em algum banco de rua depois (abrem de segunda a sexta, de 10 às 15h). Leia mais sobre câmbio em bancos aqui.

Tax Free – Abre um poquito mais tarde, fecha mais cedo. Aberto de 05h30 às 22h, todos os dias. Veja o site e Leia mais sobre o Tax Free nesse outro post.

Taxi – Eu geralmente pego na porta do aeroporto, taxi de rua mesmo. Converse antes com o motorista sobre o valor. Para você ter uma idéia, uma corrida do Aeroparque até Palermo Soho deve estar entre 50 e 60 pesos (janeiro/2012), cerca de um terço do valor do taxi de Ezeiza até Palermo.

Praça de Alimentação – também é beeeem fraca, porém mais honesta.

Vantagens do AEP – Proximidade, praticidade e taxi mais barato.

É isso. :) Acho que ficou completinho. Mas, por favor, contribuam com dicas e informações, assim o post fica mais rico.

Ah e eu, o que prefiro? Sou do team AEP! Em 20 minutinhos tou lá. E o Free é menorzinho mas é digno, viu?

Em tempo: O site Aeropuertos Argentinos, com info de horários de chegada e partida dos vôos em tempo real — www.aa2000.com.ar

A idéia desse post é fazer um dossiê definitivo sobre os dois aeroportos de Buenos Aires: o Aeroporto Internacional Ministro Pistarini, mais conhecido como Ezeiza (sigla na sua passagem: EZE) e o Aeroporto Jorge Newberry, mais conhecido como Aeroparque (sigla na sua passagem: AEP).

Desde que o Aeroparque começou a receber mais e mais vôos internacionais – provenientes principalmente do Brasil, Uruguai e Chile – tenho recebido muitos comentários de quem ainda não decidiu em qual dos dois aeroportos é melhor chegar, qual dois dois oferece mais – e melhores – serviços, ou simplesmente, como vocês gostam de perguntar, “qual vale mais a pena”.

Antes que nada, tem que ver o valor da passagem né? As companhias Gol, Tam, Lan, Aerolíneas Argentinas e Pluna oferecem opção de chegada nos dois aeroportos. Às vezes a passagem sai pelo mesmo valor, em outras a diferença é significativa. Se no seu caso, a diferença não existe, é mínima ou não importa, seguem as características principais dos dois aeroportos – na minha visão! – pra te ajudar a decidir.

EZEIZA – EZE

Foto: aa2000.com

Distância e trânsito – É o principal aeroporto do país. Fica já fora de Buenos Aires, na localidade de Ezeiza (daí vem o apelido). Do aeroporto até o centro da cidade são 22km. Geralmente, dá uns 45 minutos de carro do aeroporto até o seu hotel. Aqui no Querido, a gente aconselha calcular 1 hora de viagem, em caso de algum imprevisto. Vale lembrar que entre 8 e 10h da manhã, tem bastante trânsito sentido cidade e, à tarde, entre 16h e 20h, muito trânsito no sentido aeroporto.

Filas – Como o Ezeiza recebe muitos vôos internacionais ao mesmo tempo, se prepare para filas longas tanto na imigração como nos raios X da Polícia Federal. Na sua chegada, pela minha experiência, considere que vai levar no mínimo 2 horas da hora da aterrissagem até chegar no seu hotel/apartamento em Buenos Aires, contando o tempo gasto no aeroporto e a corrida de taxi.

Free Shop – O Ezeiza é um aeroporto com muito mais estrutura e com um diferencial amado por muita gente: um Free Shop beeeeem grandão. Funciona todos o dias do ano, 24 horas. Aceita reais! P.S.: Só tem Mac aqui e apenas no Free de saída.

Câmbio – Oferece melhores opções para câmbio de moedas. Mas atenção! Logo antes do portão de desembarque você vai ver algumas casas de câmbio. Não troque nada aí!!! A cotação é muito inferior à que você vai encontrar nos bancos que ficam logo depois do portão. Indico trocar somente no Banco La Nación ou no Banco Piano (ver na hora qual tem a melhor taxa). Ambos trocam tanto dólares como reais.

Banco La Nación – a agência do EZE abre todos os dias do ano, 24h

Banco Piano – a agência do EZE abre todos os dias do ano, de 06 às 22h

Leia mais sobre onde fazer câmbio em Buenos Aires clicando aqui.

Tax Free – O stand do Tax Free fica no segundo piso ao lado do portão de embarque. Aberto de 05 às 23h, todos os dias.

Leia mais sobre o Tax Free nesse outro post.

Taxi – Antes, consulte o seu hotel. O transfer pode sair mais barato do que o que você pensa. Aqui no Querido, por exemplo, o valor que cobramos pelo translado é menor do que o de muitas companhias de taxi do aeroporto. Se for pegar taxi no Ezeiza, vá de Taxi Ezeiza. Sao meio antipáticos, mas são organizados e cobram um preço justo. Você paga lá na hora, antecipado e não tem jeito de te enrolarem. Confira as tarifas no site deles.

Praça de Alimentação – É fraca. Tem um Mc Donalds e uns dois cafés, nada mais. É difícil comprar uma água por lá, pois só os cafés tem “licença” para vender.

Vantagens do Ezeiza – Mais opções de câmbio. Ideal para quem chega numa sexta de tarde e não vai pegar banco aberto durante toooodo o fim de semana e o free shop grandão, pra quem é de free shop.

AEROPARQUE – AEP

foto: skyscrapercity.com

Distância e trânsito – Fica dentro da cidade, o que já é uma vantagem. Você aterrisa em pleno Palermo e se der sorte vai ver de cima (pertinho!) o estádio do River, os Parques, o Planetário. Se você for se hospedar por Belgrano, Villa Crespo, Palermo ou Recoleta, saiba que a corrida vai durar uns 20 minutos, somente. Em dias de muita chuva (ou no dia seguinte) sempre complica o trânsito, pois vez por outra cai uma árvore que interdita a pista.

Filas – Geralmente é mais rápido e simples que no Ezeiza.

Free Shop – Menorzinho. Mas tem tudo, só que em menos quantidade e variedade, sabe? Mas não tem Mac. Funciona todos o dias do ano, 24 horas.

Câmbio – O horror! O horror! Não vale a pena fazer câmbio no aeroparque. Nada de bancos, só casas de câmbio daquelas bem gananciosas. Troque apenas o mínimo, pra pagar o taxi, e deixe pra fazer seu câmbio em algum banco de rua depois (abrem de segunda a sexta, de 10 às 15h). Leia mais sobre câmbio em bancos aqui.

Tax Free – Abre um poquito mais tarde, fecha mais cedo. Aberto de 05h30 às 22h, todos os dias. Veja o site e Leia mais sobre o Tax Free nesse outro post.

Taxi – Eu geralmente pego na porta do aeroporto, taxi de rua mesmo. Converse antes com o motorista sobre o valor. Para você ter uma idéia, uma corrida do Aeroparque até Palermo Soho deve estar entre 50 e 60 pesos (janeiro/2012), cerca de um terço do valor do taxi de Ezeiza até Palermo.

Praça de Alimentação – também é beeeem fraca, porém mais honesta.

Vantagens do AEP – Proximidade, praticidade e taxi mais barato.

É isso. :) Acho que ficou completinho. Mas, por favor, contribuam com dicas e informações, assim o post fica mais rico.

Ah e eu, o que prefiro? Sou do team AEP! Em 20 minutinhos tou lá. E o Free é menorzinho mas é digno, viu?

Em tempo: O site Aeropuertos Argentinos, com info de horários de chegada e partida dos vôos em tempo real — www.aa2000.com.ar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Compartilhe!
Bookmark and Share

106 comentários em Aeroporto de Ezeiza ou Aeroparque?

  • ROGERIO

    olá, uma questão: no ezeiza tem opção de oniibus pra Buenos Aires?

  • Luiz Alberto

    O post está ótimo, parabéns! Um único reparo é sobre o câmbio: nesse momento (março/2014), há uma boa diferença entre o câmbiooficial e o paralelo (oficial: US$1 = 8,00, paralelo US$1 = 11,00), tanto no dolar quanto no Real. Para trocar no paralelo, as bancas de jornal na Florida (próximas à Av. Corrientes) são verdadeiras casas de câmbio, e muito confiáveis.

  • Maria José

    oi… uma questão, tem uma opção de onibus para ir do Eeiza até AEP… prciso pegar um vôo lá ??
    Maria José

  • Márcia Corrêa

    Olá Mariana

    Sabes se no Aeroparque o Free Shop aceita reais e qual cotação?
    Grata
    Márcia

  • Mariana

    Maria José, acho que tem sim, mas nao sei qual é… Vou ficar devendo essa.

  • Mariana

    Márcia, aceita sim. Fiz um post somente sobre isso. Procure Free Shop na ferramenta de busca. A cotacao depende do dia.

Comente aqui

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

1